CURSO DE PINTURA E EXPRESSÃO

Adultos e jovens a partir dos 15 anos

O curso Pintura e expressão da CEA é transmitido pelo artista visual Rafael Ibarra e tem como principal objetivo fornecer conhecimentos práticos que aproximem o aluno à expressividade pictórica. O curso deverá servir como um atelier de pintura com exercícios, aulas teóricas e atividades que farão com que os alunos encontrem inspiração e conhecimento para poderem expressar-se através da pintura.

 

Público alvo

Este curso está dirigido ao público em geral interessado na pintura como forma artística, com nenhum ou pouco conhecimento, com idade superior a 15 anos.

 

Objetivo geral

No final do curso os formandos deverão ser capazes de conhecer as técnicas pictóricas para poderem expressar nas suas telas as suas emoções.

 

Objetivos específicos

- Identificar os processos pictóricos e expressivos dentro da pintura.

- Conhecer alguns dos movimentos pictóricos do século vinte mais influentes.

- Exercitar a vista, a mão e o cérebro na pintura.

- Terminar o curso com vários exercícios pictóricos consistentes e uma obra pictórica que será exposta numa galeria a definir posteriormente.

 

Temáticas

  1. Todos somos artistas. Apresentação do formador, portfólio e formandos. Resolveremos as seguintes perguntas: que procuramos na pintura? Um meio de expressão, de conhecimento, de comunicação, de passar o tempo, de reflexão?  Atividade prática.

  2. O Desenho como base expressiva. Criar desde o zero: o interior manda. Experimentação do desenho com matérias diversas. Criar a partir do nada. Água, tinta, pastel, acrílico, grafite, cera...tudo serve para desenhar. Atelier e atividade prática.

  3. Expressão e pintura. Trabalho com tinta acrílica e água. Capacidade de pintar rapidamente. Criar desde o caos. Atividade com tintas acrílicas e papel.

  4. Suportes. Porque pintamos sobre papel, madeira ou tela? Como os suportes mudam a essência da pintura. 

  5. Impressionismo: cor. Aula prática e teórica sobre cor. Emoções e cor. Atividade em atelier sobre impressionismo.

  6. Expressionismo: emoções. Trabalhar com emoções. História da fealdade na pintura.

  7. Surrealismo: o imaginário. A magia da pintura, os sonhos mandam. Criar um imaginário próprio e pessoal. Trabalho em atelier. Visita a ateliers de artistas consagrados em Braga.

  8. Cubismo: A inteligência das linhas. Ver uma coisa desde diferentes ângulos.

  9. Expressionismo abstrato. A expressão total. A força da pintura na mancha. Cor, equilíbrio e técnica.  Aula prática.

  10. Nova pintura mundial.  Pintar sem pintar. A pintura como pensamento e processo.

  11. Pintar, pintar, pintar. Fecho do curso e mostra dos trabalhos finais.

  12. Exposição final. Uma exposição final com os trabalhos dos alunos numa galeria/lugar a definir.

Curso presencial

Jovens e adultos partir dos 15 anos

Sem pré-requisitos

1h30 por semana

Horário a definir

45€/mês

*a todas as atividades CEA acresce o valor de 20€ correspondente a inscrição e seguro anual obrigatório

Rafael%20Ibarra%201_edited.jpg

Artista Visual

RAFAEL IBARRA

Mestre em Artes Visuais, a sua obra é ampla e trabalha em meios diversos como pintura, gravura, design, arte sonora, fotografia e vídeo.

 

Como artista já participou em exposições coletivas e individuais nos Estados Unidos, México, Brasil, Espanha, Inglaterra e Portugal entre as quais se destacam a XXI Bienal de Cerveira 2020 (Premio de adquisição) e XVIII Bienal de Cerveira 2016, V Bienal de Arte Universitário UAMEX, 8ª e 9ª Bienal de Arte Jovem de Vila Verde (Menção Honrosa), Bienal de Arcos de Valdevez d´art-VEZ, Festival CODEC/Festival de Vídeo e Criações Sonoras (Mx), Feira Independente TIAF London, Festival Cel-AV/konvent.0 no Centro de Arte Contemporâneo da Catalunha; Festival Stranglussen de vídeo e performance em Florianopolis; Brasil, Festival Guimarães Noc Noc; Festival de Improvisação Labimpro (Mx), Museu de Arte Contemporâneo La Tallera (Mx), Feira do livro do Palácio de Mineria (Mx); Feira do livro de Guadalajara, México; Centro Cultural Espanha, Festival Enclave 2017, Museu da Cidade de Cuernavaca, 3er Encontro de exploração e arte Sonora UNAM,  Galeria Emergentes DST, Braga; Galeria Metamorfose, Porto; Galeria Espaço Oculto, Madrid; Gneration em Braga,  entre outros.

Diretor artístico do projeto Sete Palavras. Correspondências Artísticas México-Portugal da Universidade Autónoma de México e a Câmara Municipal de Braga.

 

Diretor do projeto de arte sonora Proyecto Altazor que se tem presentado em mais de trinta festivais de música eletrónica contemporânea. Diretor artístico dos festivais Semana de México Jovem Braga 2016 e 1º Intercambio Cultural Portugal/México 2015. Colaborador da Bienal Internacional de Arte Jovem e Bienal na Escola de Vila Verde e coordenador de arte em Portugal para a Rede Global Mx Capítulo Portugal.

Trabalha com a CEA desde 2019.