Teatro.png

TEATRO

A linguagem do teatro ajuda a experimentar, por meio da representação, outras realidades e infinitos pontos de vista.

Esta prática desenvolve técnicas de oratória e retórica, a colocação de voz, a expressão corporal e o domínio da língua na sua forma escrita e oral.

Estas técnicas imprimem benefícios duradouros na vida do indivíduo.

Na CEA trabalhamos peças originais, criadas pelos nossos artistas residentes. Os alunos estão envolvidos em todo o processo criativo culminando na oportunidade de levar o trabalho a palco. 

Expressão dramática

Técnica vocal

Escrita criativa

Caracterização

Performances teatrais

Espetáculos musicais

 

Dos 6 aos 15 anos

Jovens e adultos a partir dos 15 anos

OFICINA DE TEATRO E EXPRESSÃO DRAMÁTICA

Jovens e adultos a partir dos 15 anos - com Gonçalo Fonseca

 

A Oficina de Teatro e Expressão Dramática da CEA tem como objetivo desenvolver e potenciar as capacidades criativas e artísticas dos alunos, através de jogos teatrais e exercícios práticos, individuais e em grupo. Partindo do corpo, da voz e da imaginação, matéria prima para qualquer ator, vamos explorar novas possibilidades, seja através de linguagens mais tradicionais, performativas e até mesmo abstratas. Para além da componente artística, o teatro desenvolve capacidades pessoais e sociais úteis no nosso dia a dia, quer seja na apresentação de trabalhos, correção de postura física, concentração e foco, colocação vocal e dicção.

 

MÓDULOS E OBJETIVOS

1. O grupo - O teatro é um jogo de equipa, como tal, ter um grupo coeso que se conheça bem e que saiba jogar uns com os outros é essencial para a criação de qualquer objeto teatral. Este módulo tem como principal objetivo a criação de uma boa dinâmica de grupo.

2. Corpo - Uma das principais ferramentas do ator é o corpo. Neste módulo vamos explorar as potencialidades desta ferramenta bem como a sua capacidade de comunicar, expressar ideias e sentimentos.

3. Voz - Uma voz trabalhada e que se faça ouvir é essencial. O objetivo é desenvolver a capacidade vocal através de exercícios de colocação de voz e de vocalizos.  Vamos trabalhar não só a vertente técnica como também uma vertente criativa.

4. Improvisação - A imaginação é um músculo. Como tal, também deve ser trabalhado e desenvolvido. Saber improvisar é uma arma muito importante de qualquer ator. Neste módulo, através de vários exercícios dinâmicos e lúdicos vai-se trabalhar esta ferramenta e desenvolver a criatividade.

5. Texto e dramaturgia - Ler um texto é muito mais do que debitar as palavras que estão escritas. Saber interpretar, dar os tempos corretos, as pausas no momento certo e transmitir a mensagem de forma clara é fundamental para uma boa comunicação. Aqui, vai-se trabalhar não só a leitura correta de um texto como também a análise do mesmo e também a dicção.

 

6. Criação de cena - Neste módulo cada um dos alunos vai poder experimentar dirigir uma cena. Vão poder criar um momento teatral e colocar em palco o que lhes vai na cabeça usando os colegas como atores. O objetivo é que cada um possa criar um objeto artístico e dar-lhe vida.

 

7. O espetáculo - Num último momento deste curso, vamos em conjunto criar um espetáculo teatral. Aqui, vai-se pegar em todos os conteúdos e construir de raíz um espetáculo. Os participantes serão muito mais do que atores. Vão ser parte ativa e criativa em todo o processo, desde a conceção da cenografia, construção do texto, encenação e criação das cenas e dramaturgia. No fim haverá uma apresentação do espetáculo.

 

O teatro, assim como qualquer objeto artístico, é para ser visto. No final de cada módulo, faremos uma pequena apresentação (para um público restrito, amigos e familiares) onde se apresentam de forma artística os conteúdos do respetivo módulo. Não se trata de um espetáculo, mas sim de um momento de partilha. No fim da apresentação haverá espaço para uma conversa ou troca de ideias entre quem viu e quem deu a ver. O objetivo destes momentos é que desde cedo os participantes se habituem a ter um público, tão essencial no teatro.

Sem pré-requisitos

Jovens e adultos a partir dos 15 anos

Final da tarde, durante a semana

Mensalidade: 30€/mês

*a todas as atividades CEA acresce o valor de 20€ correspondente a inscrição e seguro anual obrigatório

 

Inscrições abertas!

Foto%20GPF2_edited.jpg

GONÇALO FONSECA

Ator - Encenador - Professor de teatro

Licenciado na Escola Superior de Teatro e Cinema (E.S.T.C.) onde foi dirigido por Bruno Bravo, João Brites, Rogério de Carvalho, entre outros.

 

Integrou o elenco fixo da companhia de teatro profissional Comédias do Minho de 2006 a 2018 onde trabalhou com João Pedro Vaz, Pedro Penim, Madalena Victorino, Nuno Cardoso, Joana Providência.

 

Especializou-se em técnica da Máscara onde teve formação com François Cervantes em Marselha e Mário Gonzalez. Lecionou várias formações e workshops (ESMAE, Vilar do Paraíso, Lapa do Lobo) e criou vários  espetáculos (Não Lugar, Solar, Uivo, entre outros).

 

Tem uma vasta experiência no ensino artístico tendo já realizado diversas formações, residências artísticas e criação de espetáculos (Utopia, Liberdade, O Bairro, entre outros)  .

 

É responsável desde 2014 pela residência artística com jovens “O MUNDO AO CONTRÀRIO” no município de Paredes de Coura.

ATELIER DE TEATRO 

Dos 6 aos 15 anos - com Sónia Sousa

 

Os Ateliers de Teatro CEA funcionam ao longo de todo o ano letivo, de setembro a julho, estando permanentemente abertos a novas inscrições. Aqui os alunos exploram cenários e realidades alternativas, desenvolvendo no percurso a expressão oral, a linguagem corporal e muito mais.

 

Ao longo do ano poderão ter a oportunidade de levar a palco uma peça original CEA escrita e encenada pelos nossos artistas residentes.    

Turma 1 - Kids

Sábados 9h45

Turma 2 - Teens

Sábados 11h00

Mensalidade: 20€/mês

*a todas as atividades CEA acresce o valor de 20€ correspondente a inscrição e seguro anual obrigatório

Inscrições abertas!

S%C3%B3nia%20Sousa_edited.jpg

SÓNIA SOUSA

Encenadora - Dramaturga - Atriz - Formadora

Nasceu em 1978 na ilha de São Miguel, Açores. Frequentou Canto no Conservatório de Música do Porto, na classe do Professor Emanuel Henriques. e terminou o Curso de Teatro em 2002 na Escola Profissional Balleteatro, no Porto.

Entre 2005 e 2010 realizou várias formações de Teatro e Voz para Professores na Casa do Professor e no Centro de Formação dos Açores.

No Tin.Bra - Associação Cultural, encenou mais de uma dezena de espectáculos de Teatro de sua autoria, dos quais se destaca: “Etiqueta”, “Viagem ao Mundo Fantástico”,  “TeatroClip”, “Memórias de Um passado Feliz”, “Palavras à Janela”, “Pés na Terra Cabeça na Lua”, “A Magia do Amor”, “Labirinto”, “Filtrar” e o “O Velho Mágico”, este último ganhou os prémios de melhor cenografia e melhor desenho de luz no Festival Nacional de Teatro, realizado na Póvoa de Lanhoso em 2009.

Enquanto diretora Artística na ACIJE-Associação do Coro Infantojuvenil de Esporões, escreveu e encenou vários espetáculos de teatro: “Sorriso de Algodão”; “Loja dos Brinquedos Sonhadores”, “Sonhos Escondidos na Multidão”, “A Rua dos Sonhos”, “O Sonho de um adolescente”, entre outros.

Participou em várias performances, recitais e animação de rua na cidade de Braga.

É co-fundadora e Formadora de Teatro e Técnica vocal na CEA desde 2014, onde já escreveu e encenou vários espetáculos de teatro musical, “Labirinto Mágico” “Duende de Amor” “ Esqueceram-se de mim?” e o mais recente musical “Uma vez Combatente…”

Autora de 3 livros de literatura Infantojuvenil “ Era uma Vez… Mais uma Vez” “O Guirilampo” e “Chega!”

Ao longo destas 2 décadas de carreira, participou em várias óperas e recitais de canto no coro do (CPO) Círculo Portuense de Ópera. Foi contra-regra e actriz no espectáculo do Teatro de Marionetas do Porto na Opereta “Os Encantos de Medeia” encenada por João Paulo Seara Cardoso.